Este é um procedimento bastante simples e seguro, não havendo necessidade de grandes preparativos. Algumas breves observações conceituais sobre a vasectomia (também chamada de Cirurgia Esterilizadora Masculina):
• Mesmo existindo possibilidade de reversão futura, encare a vasectomia como um método contraceptivo definitivo. Se existe alguma dúvida com relação à sua realização, sugiro tomar tempo extra para definir se o momento é adequado para a decisão. Discuta amplamente essa questão com sua parceira.
• Uma vez tomada a decisão, vale lembrar que a vasectomia pode ser revertida mediante técnicas microcirúrgicas, caso haja mudança de planos no futuro. No entanto a melhor forma de manter a fertilidade assegurada é pela criopreservação (congelamento) de sêmen antes da vasectomia. Considere esta opção antes da realização do procedimento e esgote todas as dúvidas antes da decisão final.
• A vasectomia é realizada em ambiente de “DAY CLINIC” ou seja, alta no mesmo dia do procedimento, não havendo necessidade de hospitalização. Reservamos o hospital para homens portadores de condições cardíacas que exijam monitorização especial, ou quando o ambiente hospitalar trará algum tipo de benefício ao procedimento ou à recuperação. A escolha será sempre realizada em consulta médica.

Na véspera do procedimento:
• Alimente-se normalmente durante o dia. Não há qualquer restrição com relação aos tipos de alimento que podem ser ingeridos. Se puder, opte por uma janta leve, sem abusar de gorduras ou alimentos de difícil digestão. Evite ingestão de álcool neste dia.
• A principal recomendação é com relação ao jejum: se a vasectomia estiver agendada para a manhã, inicie o jejum às 22 horas, após o jantar. O período correto de jejum deverá ser de 8 horas completas.
• Programe-se para ter um(a) acompanhante com você no dia do procedimento; você não poderá dirigir ou ir embora sozinho por conta dos efeitos da anestesia.
• O procedimento é simples, rápido e seguro. As incisões são bem pequenas, realizadas na pele da bolsa testicular, sem nenhum tipo de dor. Estarei sempre presente durante todas as etapas, e ficarei à sua disposição e de sua família para qualquer esclarecimento que seja necessário.

No dia do procedimento:
• Se o procedimento for realizado em ambiente de clínica, chegue com trinta minutos de antecedência. Caso o procedimento precise ser realizado em hospital, chegue com antecedência maior (2 a 3 horas) para sistematizar sua instalação e a de seu(s) acompanhante(s) com tranquilidade e calma.
• Venha em JEJUM TOTAL (nem comida nem água) de pelo menos 8 horas; não coma nada durante a espera para o procedimento. Água para tomar comprimidos é permitida, em pequenos goles.
• É necessário realizar a tricotomia (depilação da região a ser operada). Você mesmo pode realizá-la em casa, com lâmina de barbear convencional. A área a ser depilada compreende toda a região genital.
• Se possível, compareça ao procedimento barbeado; essa medida facilita o trabalho do anestesista e possibilita a colocação de máscaras de oxigênio e outros dispositivos utilizados durante a cirurgia.
• Como regra, recomendo a suspensão dos seguintes medicamentos nos 10 dias que antecedem o procedimento: AAS e derivados, Marevan®, Coumadin®, Plavix® (clopidogrel), Clexane®, Ginko Biloba® ou qualquer outro medicamento que interfira sabidamente em sua coagulação. Em casos especiais, alguns deles podem ser mantidos para o procedimento, desde que o cirurgião e o anestesista estejam cientes e de acordo.

Após o procedimento:
• Após o procedimento, você poderá se alimentar normalmente. Inicie com líquidos e, mais tarde, faça uma refeição leve. O hospital (ou clínica) se encarregará dessa progressão durante sua recuperação. O tempo total de permanência nas dependências da clínica (caso este seja o ambiente escolhido) é de cerca de 2 horas. Caso a vasectomia seja realizada em hospital, sugiro reservar o dia todo para o procedimento.
• É importante a presença de acompanhante, especialmente, no momento da alta. Por conta da sedação, não é recomendável dirigir ou tomar decisões no dia do procedimento. Consumo de álcool também não é recomendável neste período.
• Logo após o procedimento, recomendo aplicar gelo no local do procedimento, por 10 a 15 minutos, a cada 1 ou 2 horas, durante as primeiras 48 horas de pós-operatório. Essa medida evita inchaço e inflamações e ajuda a garantir o conforto neste período.
• O curativo é simples, com adesivos sintéticos e gaze, e deverá permanecer por 48 horas. Banho pode ser tomado normalmente, sem ensaboar a região dos curativos. Caso o curativo caia antes do previsto, fique à vontade para nos avisar a qualquer momento.
• Para maior conforto, sugiro utilizar roupa íntima de algodão, um pouco mais ajustada para conferir sustentação e conforto. Suporte atlético pode ser usado sem problemas, caso seja de sua preferência ou comprar suspensório de bolsa escrotal.
• Siga a medicação da receita, que conta sempre com um antibiótico, um anti-inflamatório e um analgésico convencional. Procure utilizar esses medicamentos sempre após a alimentação para evitar desconforto gástrico. Qualquer dúvida ou particularidade pode e deve ser discutida imediatamente, a qualquer momento.
• Sugiro repouso relativo nos primeiros dois dias após o procedimento. Não é necessário permanecer deitado, mas, evitar esforços neste período, tornará extremamente confortáveis e fáceis os próximos dias. Você poderá voltar ao trabalho após 48 horas do procedimento, caso não execute tarefas fisicamente ativas. Exercícios leves (caminhada, alongamentos) poderão ser retomados após 1 semana, assim como a atividade sexual. Exercícios mais intensos (corrida, musculação) deverão aguardar 2 a 3 semanas. Esportes de contato (futebol, cavalgada, ciclismo) deverão aguardar 3 a 4 semanas. Esses períodos são estimativas e variam caso a caso. A regra de ouro é o bom senso: se houver a tríade “disposição e vontade”, “ausência de desconforto” e “incisões limpas e secas”, a atividade pode ser tentada. Se houver qualquer problema, reduza a atividade.
• É fundamental manter métodos contraceptivos após a realização da vasectomia: pode haver persistência de espermatozoides nos canais nos primeiros dias. Como regra, realizamos um espermograma após 90 dias do procedimento para confirmar o sucesso do procedimento (mediante a ausência de espermatozoides no ejaculado). Só após esse exame você será liberado para relações sexuais sem outros métodos de contracepção.