O desenvolvimento do câncer de bexiga, até o momento, é entendido por substâncias causadoras de tal enfermidade, dentre eles o principal é o tabagismo.
Tumores vesicais são a sétima neoplasia mais frequente na população geral, com incidência de 9 homens para cada 2,2 mulheres, sendo a mortalidade mais elevada também em homens (3,2 homens vs 0,9 mulheres)
Mais de 90 % dos os tipos de câncer tem origem na camada mais interna que reveste a bexiga (chamada de urotélio) porém pode evoluir para acometimento de camadas mais internas da bexiga, como camada muscular, o que denominamos tumor músculo-invasivo, conferindo pior prognóstico.
Não fumar e evitar que substâncias cancerígenas sejam armazenadas em sua bexiga é uma forma de previnir o Câncer de Bexiga.

Add Comment